Nissan apresenta o X-Trail Hybrid e estuda o Kicks híbrido para o Brasil

Notícias - Nissan apresenta o X-Trail Hybrid e estuda o Kicks híbrido para o Brasil
Nissan apresenta o X-Trail Hybrid e estuda o Kicks híbrido para o Brasil

Nissan apresenta o X-Trail Hybrid e estuda o Kicks híbrido para o Brasil

O presidente da Nissan do Brasil, Marcos Silva, não escondeu a

possibilidade de eletrificar o line up da empresa no Brasil. O Leaf apresentado no Salão do Automóvel é o primeiro passo e, a partir dele, a marca já testa na clínica de pesquisa montada no Salão, o X-Trail hibrido. Até mesmo o Kicks híbrido está em estudo.

Silva foi perguntado sobre a possibilidade do facelift do Kicks, já em fase de
projeção para o próximo biênio, receber a tecnologia híbrida. O executivo
afirmou que a renovação do suvinho contempla novidades nesse sentido. A Nissan vive o melhor momento da marca no país com a fábrica de Resende operando em dois turnos.

Conceito Kicks Rhythm

Silva foi perguntado sobre a possibilidade do facelift do Kicks, já em fase de
projeção para o próximo biênio, receber a tecnologia híbrida. O executivo
afirmou que a renovação do suvinho contempla novidades nesse sentido. A Nissan vive o melhor momento da marca no país com a fábrica de Resende operando em dois turnos.

A Nissan tem um portfólio de produtos bem enxuto no país, com Sentra, March e Versa assegurando a sustentação da marca que permanece com foco na assistência e na prestação de serviços. Marcos Silva disse que definiu dois pilares para a operação no país e primeiro foi o Kicks, depois a Frontier agora feita na Argentina. ” A consistência da marca é a nossa bandeira de trabalho assim como a satisfação do cliente com entrega de bons serviços. Vamos crescer sim. É só uma questão de tempo”.

X-Trail Hybrid

Um dos destaques do estande da Nissan no 30º Salão Internacional do Automóvel de São Paulo é a versão híbrida do crossover X-Trail. O utilitário esportivo mais vendido do mundo está no Brasil em sua versão equipada também com um motor elétrico para mostrar que o sistema híbrido também é uma via para a eletrificação da mobilidade da marca.

 

 

Fonte: Jorge Moraes